Pintar as paredes com cores escuras pode parecer um ato corajoso, mas nem por isso: é muito fácil escolher assertivamente, e sem medo, uma cor de parede mais escura e conseguir transformar por completo a divisão sem alterar nenhum elemento de mobiliário ou decoração.

As cores escuras nas paredes estão na moda e as palavras de ordem são elegância e modernidade. Marcas de decoração e estilistas de espaços inundam as redes sociais com ambientes elegantes e confortáveis.

Se gostava de dar um look diferente à decoração da sua casa sem alterar nenhuma peça de mobiliário, uma cor escura é a solução. E neste artigo seleccionámos as 3 cores escuras mais atuais e comuns e uma série de guidelines para que possa escolher a mais adequada ao seu espaço.

A única regra que tem de saber, antes de decidir a cor para a divisão é: Pinte todas as paredes da divisão. Se só pintar uma, ou apenas duas, não vai conseguir obter o melhor resultado.

1 -  CINZENTO

  • Para casas com mobiliário branco e têxteis brancos/ claros
  • Para casas com mobiliário de estilo industrial

O cinzento é o tom mais fácil de “arriscar” para muitas pessoas, e como liga muito bem com pisos de madeira e mobiliário moderno, é a escolha mais comum. 
O cinzento transforma os espaços de uma forma intimista, trazendo conforto e elegância.
Resulta muito bem em casas que tenham móveis brancos e têxteis de tons neutros, de estilo mais moderno e minimalista.
Mas atenção que há vários tons de cinzento, e para conseguirmos um ambiente acolhedor devemos optar por uma composição de cinzento com vermelho.
O CINZENTO CLARO e MÉDIO, resultam muito bem nas áreas comuns, enquanto que o CINZENTO ESCURO é bastante apropriado para os espaços de dormir e descansar.




2 - AZUL PETRÓLEO

  • Para casas com móveis castanhos
  • Para casas com mobiliário de estilo clássico/ vintage

O tom escuro mais na moda atualmente é o azul petróleo. Resulta muito bem para espaços com mobiliário de madeira, têxteis de tons neutros e/ou castanhos. Esta cor tem na sua composição um laranja avermelhado e é por isso que resulta tão bem com os tons de castanho. 
Esta cor traz ao seu espaço vitalidade ao mesmo tempo que conforto, e é uma excelente escolha para criar um ambiente com um toque artístico.


3 - VERDE ARDÓSIA

  • Para casas com mobiliário/decoração de madeira
  • Para casas com mobiliário eclético /vintage

Outro dos tons que pode transformar por completo o espaço é o Verde Ardósia, a que eu chamo de “estilo botanista” porque transmite uma sensação de natureza.
Esta cor é apta a ser usada em qualquer casa que use na sua decoração plantas verdes.
Apropriado a casas com mobiliário de elementos naturais (madeiras, pasteis, florais). Uma cor que resulta maravilhosamente bem tanto em ambiente feminino como masculino.
Integra-se muito bem no estilo boho, e é um tom mais adequado a espaços comuns, pois estimula o estudo, a leitura, assim como a criatividade.